7 de julho de 2011

Nova Brasilândia recebe Formação pela Escola – FNDE

Os Professores formadores do Programa Formação pela Escola, Edilene Teixeira e Iza Parra estiveram no dia de hoje em Nova Brasilânica D’ Oeste para a primeira etapa do modulo “Competências Básicas” para os Funcionários da Educação Municipal.

A Professora de Edilene Teixeira apresentou o curso que tem o formato semipresencial e seu objetivo é orientar e estimular o melhor uso e a correta prestação de contas de cada recurso que beneficia a comunidade escolar.

 O Formação pela Escola ajuda a comunidade escolar a definir os rumos da educação no município, na região e no país. 

É um curso a distância que visa capacitar às pessoas envolvidas, ou que pretendem se envolver com execução, acompanhamento, avaliação, prestação de contas e controle dos recursos públicos destinados aos Programas do FNDE. 

Segundo Teixeira “não dá para resistir ao uso das tecnologias” A Educação a Distância ultrapassa as barreiras geográficas através de práticas educacionais desenvolvidas com tecnologias de informação e comunicação. Por meio dela é possível disponibilizar aos cursistas, em todo o país e a qualquer momento, uma grande quantidade de informações. Assim, o FNDE vai poder tornar mais eficaz seu processo de capacitação e divulgação de programas e ações.

Para abrilhantar o evento foram apresentados dois vídeos, sendo um do CQC – teste de honestidade e outro do João Cabral de Melo Neto “Tecendo o Amanhã” que demonstram a importância da participação da comunidade na aplicação dos recursos destinados a Educação.

Texto e Fotos: Iza Parra

2 de julho de 2011

REN CENTRO REUNIDA - A tecnologia a serviço...

Aconteceu mais uma reunião para tratar do recadastramento. Agora com a palavra a REN centro de Porto Velho.

O gerente da GTI Professor Lucivânio Campelo de Albuquerque ressaltou aos diretores e para a equipe da REN Centro que a SEDUC terá em breve um banco de dados confiável, consistente e com as peculiaridades inerentes da pasta. 

O recadastramento irá produzir preciosas informações que irão gerar conhecimento de toda ordem e mais ainda vai melhorar a REPUTAÇÂO da SEDUC.

 Somos sabedores que “a boa reputação vale mais que grandes riquezas; desfrutar de boa estima vale mais que prata e ouro”; diz em Provérbios 22.1. 

Acreditamos que a partir do momento em que tivermos essas informações colhidas no recadastramento armazenadas em um banco de dados em nosso sistema, teremos condições de desenvolvermos  as ações da SEDUC com mais  eficácia e eficiência, aumentando assim a reputação do Governo do Estado com a comunidade educacional e concomitantemente com a população Rondoniense. 
A Professora Eliane Nazaré Silva representante da RDEN centro agradeceu a presença dos 33 diretores e solicitou o empenho de toda a equipe para mais essa árdua, porém necessária tarefa.

Texto e Fotos: Iza Parra

29 de junho de 2011

Analista Executivo de Brasília visita SEDUC

Professora Maria da Conceição Silva Pinheiro e o Gerente da Gerência de Tecnologia da Informação Professor Lucivânio campelo de Albuquerque receberam o Analista Executivo da ThinNetworks Thiago Ferreira do Distrito Federal que veio apresentar o Windows MultiPoint Server 2011 que segundo ele é uma nova solução baseada em Windows que utiliza um único computador central para conectar múltiplas estações de usuário simultâneas e independentes. 

Tem um baixo custo total de propriedade, é fácil de montar e de usar, e proporciona aos educadores as ferramentas e a tecnologia necessárias para preparar aos estudantes para o sucesso.

A Assessora Pedagógica agradeceu a visita e se comprometeu de analisar a proposta que a princípio pareceu ser interessante e de baixo custo.

Texto e Fotos: Iza Parra

28 de junho de 2011

Diretores da REN Leste em Reunião

 
















Na manhã de hoje na EEEFM José Otino na sala de multimeios os 33 diretores das Escolas Estaduais pertencentes a REN da Zona Leste forma capacitados para o preenchimento do formulário do recadastramento vigente. Na oportunidade o Gerente de Tecnologia da Informação Professor Lucivânio informou que esse recadastramento é de fundamental importância para a SEDUC porque a partir dele teremos informações concretas e relevantes para a eficácia e eficiência da Educação de nosso Estado. “Entendam não é cassa as bruxas, pelo contrário é a busca de informações preciosas e específicas da nossa Secretaria que irão produzir conhecimento”; disse Lucivânio.

O recadastramento representa o marco inicial de uma grande transformação na Educação de Rondônia, ele significa um avanço tecnológico, com respeito à natureza, sem desperdício de papel e a custo zero. Porque custo zero, porque foi nossa equipe que desenvolveu o programa. Toda a nossa equipe é do quadro próprio, funcionários de carreira que acreditam na melhoria da Educação de Rondônia.
 

O responsável pelo trabalho de elaboração e desenvolvimento do formulário que vocês e suas equipes irão responder é o Professor Paulo Eduardo da Silva Vasconcelos, Sub- Gerente do programa de Tecnologia Educacional – PTE/SEDUC. 

A meta do nosso Governador é a melhoria da nossa Educação, um exemplo claro é a vontade dele em ver todos os Laboratórios de Informática Educativa funcionado em nossas escolas e conseqüentemente nossos alunos nos LIE’s  construindo o conhecimento. 

Já dizia Sócrates "Conhece-te a ti mesmo" isto é, torna-te ...  e é esse o objetivo que queremos atingir com o recadastramento. Conhecer a SEDUC em todas as sua nuances; disse Lucivânio.
 Texto e Fotos: Iza Parra

27 de junho de 2011

Reunião com Diretores da REN SUL


Na manhã de hoje (27/06) na Escola Estudo e Trabalho os diretores das Escolas pertencentes à jurisdição da Representação de Ensino da Zona Sul de Porto Velho estiveram reunidos com a Diretora Administrativa e financeira do DAF/SEDUC, Professora Isabel Fatima Luz para tratar de assuntos administrativos financeiros,  bem como para mostrar aos gestores a nova padronização  das Escolas Estaduais de Rondônia. 

Na oportunidade o Gerente da Gerencia de tecnologia da Informação Professor Lucivânio Campelo de Albuquerque repassou aos Diretores informações referentes ao Recadastramento dos Servidores Estaduais da Secretaria de Estado da Educação – SEDUC.

 
Textos e Fotos: Iza Parra

REN’s CENTRO, SUL E LESTE CONVERSAM SOBRE O RECADASTRAMENTO

O Gerente da GTI Professor Lucivânio Campelo de Albuquerque se reuniu  na semana próxima passada com as Representações de Ensino da Capital para explicar o processo do recadastramento dos servidores da Educação. 

Na oportunidade ficaram definidas reuniões com os diretores das Escolas de Porto Velho com o intuito de divulgar e solicitar aos gestores o empenho nessa tarefa de tamanha grandeza para a educação de nosso Estado. “Com esse recadastramento poderemos ter uma noção aprofundada da equipe que compõe a SEDUC”; disse Lucivânio.
 
Local e data das reuniões:
No dia 27/06 reunião com os Diretores das Escolas da Zona Sul na Escola Estudo e Trabalho;

No dia 28/06 na Escola José Otino com os Diretores das escolas da Zona Leste;

No dia 29/06 reunião com os diretores das escolas da Ren Centro na Escola Castelo Branco.
Texto e Fotos: Iza Parra

21 de junho de 2011

DOE N° 1747 - PORTARIA N. 1324/11-GAB/SEDUC Porto Velho, 31 de maio de 2011.

PORTARIA N. 1324/11-GAB/SEDUC
Porto Velho, 31 de maio de 2011.
O SECRETÁRIO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO,
No uso das atribuições legais que lhe confere o artigo
71, inciso VI, da Constituição do Estado de
Rondônia, e, considerando o disposto no artigo
60, inciso III, do Decreto n. 9053, de 10.4.2000,
que dispõe sobre a Estrutura Básica e estabelece
as competências da Secretaria de Estado da Educação,
e dá outras providências,
RESOLVE:
Art. 1º. Realizar o Recadastramento de pessoal,
no período de 20.6.2011 a 20.8.2011, incluindo todos
os servidores da Secretaria de Estado da
Educação – Seduc, estatutários, celetistas/
emergenciais, cedidos, à disposição dentro e fora
do estado.
Art. 2º. O recadastramento de que trata o artigo
primeiro desta Portaria será realizado através do
site da Seduc, no seguinte link de acesso http://
www.seduc.ro.gov.br/nte/recadastramento ou
nos Núcleos de Apoio para o recadastramento,
NTE’s dos municípios de Porto Velho, Ji-Paraná,
Cacoal, Rolim de Moura e Vilhena, e será
disponibilizado o Manual de Apoio para o
recadastramento, via download, no link http://
www.seduc.ro.gov.br, clicando no banner manual
de apoio.
Art. 3º. Os servidores que não realizarem o seu
recadastramento, no período determinado no artigo
primeiro desta Portaria, terão seus pagamentos
bloqueados.
Art. 4º. Esta Portaria entrará em vigor a partir de
sua publicação, revogando-se as disposições
contrárias.
JORGE ALBERTO ELARRAT CANTO
Secretário de Estado da Educação

20 de junho de 2011

AVISO DO PROCESSO DE RECADASTRAMENTO

Em virtude de uma descarga elétrica ocorrida no dia 19/06/2011, a Gerência de Tecnologia da Informação – CPD/SEDUC sofreu danificações no servidor prox “internet” onde se encontravam hospedados a página da Seduc e, juntamente, o formulário para o processo de recadastramento e o processo seletivo indígena para professores. 
A equipe técnica da GTI está realizando os trabalhos de recuperação de dados para restabelecer o serviço em tempo hábil de no máximo 48 horas.

Fonte: GTI

17 de junho de 2011

A contribuição do cone sul ao recadastramento

 
Quinta-feira, 16 de junho de 2011, nossa missão teve continuidade nas visitas aos municípios de Cabixi e Cerejeiras, parte da região conhecida no nosso estado como cone sul. Para chegar lá percorremos uma sinuosa rodovia, a qual desvelava a cada curva a grandiosidade de suas belíssimas paisagens tropicais, ainda mais belas no retorno quando já estava sendo tocada pelos últimos raios de sol.

Nesse trecho encontramos o município de Colorado do Oeste em comemoração pelo seu aniversário de instalação, então seguimos para Cabixi onde fomos recebidos na escola EEEFM Padre Anchieta, a qual tem dentro do prédio do Projeto Alvorada um excelente laboratório de informática: impecavelmente limpo e organizado, com 25 computadores funcionando, duas impressoras, boa conexão com internet e, aquilo que consideramos imprescindível para assegurar o que foi citado anteriormente, com professoras coordenadoras atuantes, capazes e apaixonadas pelo que fazem. Fizeram parte dessa reunião os representantes das escolas urbanas do município, do CEEJA e dos distritos de Planalto e Estrela.

Nesse momento de nossa jornada já nos habituamos a dizer aos participantes do nosso cadastramento que saímos de Porto Velho com um ‘esqueleto’ do formulário de recadastramento e à medida que avançamos pelos municípios a esse esqueleto vai sendo agregado órgãos, músculos, pele, cabelo, enfim, vai ganhando a proporção de um corpo perfeito. Em cabixi esclarecemos as dúvidas dos participantes, discutimos o que já havia sido proposto pelos servidores das outras representações e colhemos as novas sugestões dos participantes.

Ao fim da reunião, a professora Clarita, da REN local, se dispôs a repassar o que foi debatido na reunião ao pessoal de Colorado que, pela razão mencionada acima, não puderam nos receber.

Daí, partimos para o município de Cerejeiras, onde nos reunimos com diretores, secretários de escolas e servidores da REN para um debate muito produtivo e esclarecedor especialmente porque as maiores dúvidas giravam em torno de questões contratuais, momento em que o imprescindível conhecimento do Marcos Vinicius, do NAM, foi vital. Participaram também desta reunião representantes de Chupinguaia e distritos.

Tomadas as devidas notas, ao fim da reunião o gerente da GTI, como tem feito ao longo dessas visitas, destacou a importância do uso do Spark e do e-mail institucional. Informou aos participantes também que a SEDUC está se empenhando na melhoria da conexão com a internet, que devido a sua baixa velocidade tem sido motivo de freqüentes queixas por parte dos usuários, especialmente em tempos de lançamento de informações no censo.

Além da produtividade resultante do debate, a nossa visita a Cerejeiras causou boas surpresas a uma integrante da nossa equipe, a professora Iza Parra. Ela que muito tempo atrás havia morado e trabalhado no município se emocionou ao encontrar antigos companheiros, amigos e ex-alunos. Não é necessário dizer que os primeiros minutos foram despendidos com recordações e muitos abraços.

Que fique registrado aqui o nosso sincero agradecimento às preciosas contribuições de nossos correligionários, a sua receptividade e disposição sempre evidenciando o comprometimento de transformar a educação. 

Abaixo as sugestões para melhoria do recadastramento:
•    Criar campo para o pessoal administrativo informar as horas extras, caso haja;
•    Abrir campo para que os servidores da REN ou SEDUC informar se possuem CDS e o número.

Texto: Djair de Souza
Fotos: Iza Parra

16 de junho de 2011

Formulário do Recadastramento em fase final

A riqueza de idéias nos encontros com os Municípios para a finalização do formulário do recadastramento da SEDUC está sendo fantástico. A equipe formada pelo gerente da GTI e técnicos do PTE e NAM está radiante de ver o resultado do trabalho realizado. “Quando nos deslocamos para o interior do Estado tínhamos nas mãos um esqueleto do formulário e ao longo da semana fomos ouvindo as sugestões e hoje temos um formulário muito mais bem elaborado. Isso só foi possível graças às contribuições de todos. Só temos a agradecer a essa grande equipe/time de educadores desse Estado pungente que tem sede de ser cada dia melhor”; disse Lucivânio. 


Os Municípios de Cacoal, Pimenta Bueno, Espigão do Oeste e Vilhena também deram a suas contribuições que estão a seguir relacionadas:

  • Abrir campo para as qualificações/mestrados/doutorados;
  • Abrir campo para inserir as qualificações em serviço. Ex.: capacitação das 100 horas das TIC’s (assim quem sabe num futuro próximo poderemos ter um banco de dados consistente para pontuar quem está se qualificando);
  • Alterar no link indígena o regime jurídico: CDSI/CELETISTA;
  • No lugar da função acrescentar: função para o servidor administrativo e habilitação para o professor;
  • Incluir o detalhamento do organograma das REN’s e da SEDUC para facilitar a identificação do setor em que está lotado o servidor da educação em 2011;
  • Abrir campo para informar se o servidor tem CDS. Caso tenha deverá abrir automaticamente outro campo para informar o número do CDS;
  • Diretor e secretários de escolas precisam informar a tipologia da escola que atuam; como no caso dos diretores, vices e secretários podem ser federais ou municipais, eles têm uma terceira matrícula para receber a gratificação de acordo com a tipologia. Assim, quando o servidor escolher seu vínculo e em seguida a opção SECRETÁRIO, DIRETOR ou VICE deve aparecer um campo para informar à matrícula que ele recebe a gratificação; campo para indicar a tipologia da escola. Se for estadual também deve aparecer campo para a tipologia da escola;
  • Criar campo para o servidor informar o seu primeiro contrato com o Estado de Rondônia caso tenha sido sofrido alteração contratual. Exemplo: de CLT para estatutário. Entrou no Estado em 85, em 89 prestou concurso e mudou de contrato e automaticamente mudou de matrícula;
  • Temos varias situações de servidores que tem um contrato recente, mas possuem tempo de serviço de outros empregos. Incluir campo para constar CONTRATOS ANTERIORES, com Data de posse e exoneração e nome do empregador;
  • Alterar a nomenclatura habilitação para graduação;
  • Incluir campo para o servidor informar se tem férias e/ou licenças prêmios acumuladas/vencidas. Caso tenha deverá abrir outro campo informando a quantidade;
  • No item departamentos incluir também prefeituras;
  • Alterar no item escola e administração para: escola; REN e SEDUC
Obs.: Se o servidor da REN atua em dois ou mais projetos ele deverá ter a opção para indicar todos eles;
  • Ao fim do cadastro, o servidor poderá mudar os dados lançados caso tenha errado, informando o número do CPF e a data de nascimento; SALVAR ALTERAÇÃO;
  • Alterar a escrita de Espigão D’ Oeste para Espigão do Oeste;
  • Incluir campo que contemple as séries iniciais na área de atuação; o professor na hora do preenchimento deverá escolher umas das opções: quantidade de aulas ou séries iniciais. Se a opção selecionada for séries iniciais automaticamente bloqueia os demais campos (das disciplinas). Abrir campo para informar se está nos anos iniciais com GRATIFICACÃO; CBA, CA, sala de ensino especial;
Exemplo: “Selecione a área de atuação”;
  • No caso dos servidores que possuem afastamento médico abrir campo para ser incluído o número da ata;
  • No campo nomeação colocar: Prof I/ Prof. II/ Prof. III, Tec. Educ. I/ Tec. Educ.II/Téc Educ. III.;
  • No campo de função caso seja professor colocar a habilitação; “Deverá abrir campo para digitar os dados”
  • Abrir campo para informar se o professor atua no EJA, caso sim abrir as três modalidades : Regular/ Seriado/Modular;
  • Abrir link para o professor indicar se ele trabalha em alguma extensão.
Exemplo: Escola Marechal Rondon
Extensão: Nova Conquista

Texto e Fotos: Iza Parra

Pensando o Recadastramento

Fotos: Iza Parra

Reunião em Presidente Médici

  

 Reunião em Nova Brasilândia













Reunião em Novo Horizonte

 



 Reunião em São Miguel do Guaporé





Reunião em Rolim de Moura

15 de junho de 2011

O RECADASTRAMENTO É UMA CONSTRUÇÃO PARTICIPATIVA : )


Antes de tudo, em nome da equipe composta pelo pessoal da GTI, PTE e NAM gostaríamos de expressar nossa gratidão a todo o pessoal lotado nas Representações de Ensino pelas quais passamos até o momento: Ariquemes, Jaru, Ouro Preto do Oeste, Ji-Paraná, Presidente Médici, Rolim de Moura, Novo Horizonte, Nova Brasilândia e São Miguel do Guaporé. Em todos esses lugares fomos muito bem recepcionados e podemos contar não só com o apoio, mas também com a disposição e a compreensão dos servidores da REN, secretários e diretores de escolas.

No caso das últimas Representações mencionadas chegamos já à noite, e mesmo tendo ultrapassado o horário de trabalho, encontramos lá as pessoas esperando pela nossa chegada e, mais do que isso, dispostas a nos auxiliar nessa tarefa de conhecer os nossos colegas de trabalho.

Na segunda-feira última, quando iniciamos essa jornada, tínhamos em mente que algumas dúvidas e sugestões surgiriam e que, ao fim do nosso trabalho o aspecto inicial do formulário eletrônico de recadastramento ‘sofreria algumas alterações’. No momento eu não utilizaria esses termos. Diria que o formulário de recadastramento está passando por um intenso processo de aperfeiçoamente. E isso só foi possível ouvindo atentamente e dialogando com todo esse povo que tem fome e sede de ver as nossas escolas e administração funcionando melhor. Esse primeiro momento de diálogo foi enriquecedor!
Por falar nisso, vamos conferir as novas contribuições feitas por nossos colegas?

·         Ao ser preenchido o campo com o INEP da escola onde o servidor está lotado o site identifica automaticamente pelo código o nome da escola (essas informações podem ser feitas utilizando-se o banco de dados do censo);

·         Inserir campos para que o professor indique o seu número de aulas extras – caso haja;

·         Incluir um campo onde o servidor possa informar possa informar se está de licença prêmio, licença maternidade, licença sem remuneração, afastamento para cursar mestrado, etc.

·         O servidor que tem uma data de admissão em sua carteira de trabalho e uma que difere dessa no contra-cheque deve informar a da carteira e, através de memorando, solicitar a alteração da data que consta no contra-cheque de modo a evitar distorção de informações e possíveis percalços na hora da aposentadoria;

·         Trocar o campo onde aparece “Gerência” por “Município”;

·         Abrir possibilidades de MATRÍCULA – para servidores com contrato com o estado, CADASTRO, no caso dos municipais que prestam serviços à SEDUC e SIAPE – servidores federais;

·         Quando a lotação do servidor for ESCOLA, abrir campo abaixo para informar MUNICÍPIO e só depois o INEP;

·         Todos os cadastros serão consolidados e posteriormente filtrados por REN, MUNICÍPIO e ESCOLA. Esses dados consolidados serão enviados aos Representantes, que deverão, por sua vez, enviá-los às suas respectivas escolas. A direção da escola será incumbida de averiguar os dados concernentes ao CARGO e FUNÇÃO do servidor. Isso será necessário porque cada servidor é responsável pelo seu próprio cadastro, mas pode omitir um dado importante.

Um possível exemplo mencionado na reunião: o servidor é concursado o cargo de AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS, mas está na função de SECRETÁRIO de uma escola – ou seja, está em desvio de função - , mas na hora do recadastramento esse servidor informa que está na função que compete ao cargo de serviços diversos. A confirmação do diretor e do representante só viria a respaldar as informações prestadas;
·         Os servidores que são do quadro estadual, mas são oriundos de outras secretarias do estados devem informar, em campo a ser aberto, sua secretaria de origem; os que estão prestando serviço fora do município ou estado devem – também em campo a ser aberto – informar MUNICÍPIO, ESTADO, ÓRGÃO/ENTIDADE para o qual está prestando serviço e um telefone para contato;

·         O campo DATA DE LOTAÇÃO – no caso dos professores lotados nas escolas deve ser facultativo;

·         Abrir campo para que possa ser inserido um COMENTÁRIO as vistas de sanar possíveis dúvidas com relação a situação funcional do servidor – campo facultativo;

·         Como o professor deve informar a quantidade de aulas que está trabalhando numa determinada escola será aberto campo ‘de marcar’ com todas as disciplinas existentes para que ele informe qual ou quais leciona;

·         Averiguar como deve ser feito o cadastramento de um professor que tem apenas um contrato de 40h, a título de exemplo, e está lotado 20h em uma escola estadual e 20h em uma escola municipal – caso de escolas rurais e quilombolas.

Essas foram por enquanto as sugestões coletadas, mas continuamos abertos até o dia 19 de junho para receber todos os demais casos que não se encaixarem nesses acima e anteriormente descritos. Lembre-se: no dia 20 de junho o recadastramento já começará a ser feito.

CONTATOS PARA O RECADASTRAMENTO
Gerência de Tecnologia da Informação – GTI/SEDUC
3216 5333 – gti@seduc.ro.gov.br
Gerente: Lucivânio Campelo de Albuquerque 

Programa de Tecnologia Educacional – PTE/SEDUC
3216 5306 – pte@seduc.ro.gov.br
Subgerente: Paulo Eduardo da Silva de Vasconcelos
Núcleo de Apoio aos Municípios – NAM/SEDUC
3216 5331/5298 – marcosaraujo@seduc.ro.gov.br
Sub-gerente: Hudson Goes Caetano
www.seduc.ro.gov.br/nte/recadastramento (no momento apenas uma página de testes)
0800 647 5333

 

Texto: Djair de Souza
Fotos: Iza Parra 

14 de junho de 2011

Equipe da GTI e das REN’s de Ariquemes, Jaru e Ouro Preto em Sintonia com o Recadastramento


 
Nesta segunda-feira dia 13 do corrente mês o Gerente da Gerência de Tecnologia da Informação Professor Lucivânio Campelo de Albuquerque juntamente com o técnico Djair de Souza representando o Subgerente do Programa de Tecnologia da Educação Professor Paulo Eduardo da Silva de e o Técnico Marcos Vinicius Araujo Pinto representando o Subgerente do Núcleo Apoio aos Municípios – NAM  Professor Hudson Goes Caetano estiveram reunidos com as equipes das REN’s de Ariquemes, Jaru e Ouro Preto para o acabamento fino do formulário do Recadastramento voltado para os trabalhadores na educação. O objetivo é coletar dados de todos os servidores que atuam na rede Estadual de ensino, sua localização e situação funcional. 

A equipe da GTI, PTE e NAM tem como missão ouvir os servidores lotados nas Representações de Ensino no interior para o aprimoramento do recadastramento que será realizado no período de 20 de junho a 20 de agosto. Em Ariquemes, Jaru e Ouro Preto foi simulado o preenchimento do formulário, onde se pode colher as seguintes sugestões:

  • ·         Colocar a legenda informando que as marcas vermelhas são os campos obrigatórios;
  • ·          Abrir campos para colocar mais opções de escolas, pois um professor da Administração pode ter, por exemplo, 40 horas numa REN, mais 20 em uma ou duas escolas;
  • ·         O telefone do setor ou da escola deverá ser campo obrigatório;
  • ·         Destacar os campos com cor mais forte para facilitar a visualização, pois o fundo branco fica ruim pra ver;
  • ·         O campo ‘grau de instrução’ deve ser obrigatório;
  • ·         O link do recadastramento no site da SEDUC deverá conter a informação de que o internet Explorer 8 ou superior ou então o Firefox são os navegadores de internet preferenciais para se preencher o formulário, pois versões inferiores podem desconfigurar a visualização da página;
  • ·         A GTI deverá liberar acesso da internet da escola durante o período de recadastramento também aos sábados e domingos;
  • ·         Solicitar da SEAD que informe no contracheque o período e a obrigatoriedade do recadastramento;
  • ·         Abrir campos para mais disciplinas: a grande maioria dos professores trabalha com mais de uma disciplina;
  • ·         Campo para o Cargo e nomeação na escola: se for professor o campo FUNÇÃO deve aparecer: psicólogo, supervisor, orientador, psicopedagogo; professor itinerante, professor cuidador, etc.
  • ·         Campos que existem na escola: AEE - atendimento educacional especializado; LIE; Sala de multimeios; biblioteca; laboratório de física, química etc; supervisão, direção, SOE – orientação, etc.
  • ·         Abrir campo para inserir os servidores federais à disposição do estado no recadastramento;
  • ·         Incluir campo para servidores com redução de carga horária em cinqüenta por cento por questões especiais – tais como, por serem pais de filhos especiais – abrir campo para incluir o número do documento que deu direito a redução da carga horária;
  • ·         Abrir campo para professor READAPTADO, que provavelmente estarão lotados na biblioteca e/ou outros locais a escola;
  • ·         Incluir campo indicando para que órgão o servidor do estado foi CEDIDO e também campo para indicar em qual município, órgão, estado ele está. Incluir também campo para telefone.
Nesta terça-feira será a vez de ouvir as REN’s de Ji-Paraná, Rolim de Moura e Preidente-Médici.

A SEDUC entende que está dando um grande passo, pois o recadastramento é uma ação de grande impacto. “Vamos gerar informações importantíssimas que se transformarão em conhecimento” disse Lucivânio.








Texto e Fotos: Iza Parra

10 de junho de 2011

Escola Petrônio é Agraciada com “Projeto Escola Tecnológica Século XXI”

 
Nos dias nove e dez (09 e 10) do corrente mês na Escola Governador Petrônio Barcelos acontece uma capacitação para a utilização da Lousa Interativa Max Scam e do Portal Educacional Aprende Brasil. O Projeto terá duração de 90 dias e a escola contemplada para participar do projeto foi a Petrônio Barcelos. A Secretaria de educação juntamente com a Positivo Informática irá fazer o acompanhamento do rendimento aos alunos e da utilização dos recursos na escola.

O Projeto “Escola Tecnológica Século XXI” tem como meta prover meios pedagógicos atrativos com o intuito de aperfeiçoar o desempenho do professor, tornando as aulas mais dinâmicas e prazerosas, concomitantemente reduzindo a evasão escolar e melhorando o desempenho dos alunos.

Segundo o Gerente do Projeto Professor Paulo Eduardo Vasconcelos; “devemos levar em conta que a criança e o jovem da atualidade já são criados imersos na tecnologia e a implantação do projeto vem de encontro com a tendência do mundo atual, portanto a tecnologia não pode ser excluída no cotidiano da escola”; esclarece Paulo.

O projeto Escola Tecnológica Século XXI pretende criar um impacto das novas tecnologias no cotidiano escolar para que a inserção do computador como ferramenta pedagógica possa ser feita de maneira útil e clara, permitindo o aprimoramento do aprendizado de maneira contextualizada, criando condições para a formação de consciência crítica e comprometida com a transformação da sociedade.

A Coordenadora do projeto Professora Adriana Lima de Abreu informou que a aplicabilidade do mesmo será no período de 13/06 a 30/09 do corrente ano e os professores que estão sendo capacitados estão maravilhados com as novas possibilidades e disseram; “nunca imaginamos ministrar uma aula nesse nível de tecnologia”.


Texto e Fotos: Iza Parra.

7 de junho de 2011

Reunião com Coordenadores de PVH e Candeias.

No mês passado do corrente ano aconteceu um encontro com os coordenadores dos laboratórios de informática educativa dos Municípios de Porto Velho e Candeias no auditório da Escola Santa Marcelina.
A reunião teve como objetivo: socializar, informar e orientar a utilização do Laboratório de Informática Educativa nas Escolas Estaduais de Porto Velho e de Candeias/RO.

Após as Boas Vindas, abertura do evento e apresentação dos professores multiplicadores feita pela Coordenadora do NTE de Porto Velho, Professora Adriana de Lima Abreu foi apresentado o Blog do NTE.
Na seqüência aconteceu partilha das experiências vividas pela equipe e em seguida a equipe foi dividida em grupos para estudo da portaria 948 e na oportunidade foi sugerido que sempre que for necessário solicitar a ajuda da TV Escola.



Para finalizar o encontro foi feita uma exposição do sistema de Gestão com intuito de reforçar o uso do sistema e uma promessa foi feita na oportunidade pela Coordenadora do NTE/PVH - “O Laboratório mais atuante será presenteado”; disse Adriana.














Texto: Iza Parra
Fotos: NTE/PVH

6 de junho de 2011

A era da cooperação


O canadense Don Tapscott, 64 anos, um dos mais respeitados estudiosos do impacto da tecnologia nas empresas e nas sociedades, autor e coautor de catorze livros diz que a internet não muda o que aprendemos, mas o modo como aprendemos – e o impacto disso será tão intenso quanto a invenção dos tipos móveis da imprensa por Gutenberg. “Não vivemos na era da informação. Estamos na era da colaboração. A era da inteligência conectada”, explica.
A internet viabiliza a colaboração em massa – e isso traz mudanças tão profundas quanto a que sepultou o feudalismo e inaugurou a era industrial.